Representantes da Prefeitura e parceiros disputam 2024 World Boccia Cup a partir de segunda (8)


 

Divulgação/Futel

 

O paratleta Mateus Carvalho, o assistente esportivo Oscar Carvalho e o treinador Glênio Fernandes viajam a Portugal neste sábado (6) para integrar a seleção brasileira de bocha paralímpica na 2024 World Boccia Cup. A competição será realizada a partir de segunda-feira (8), em Póvoa de Varzim, e é a última antes dos Jogos Paralímpicos de Paris, que acontecerão entre 28 de agosto e 8 de setembro.

 

Mateus Carvalho e Oscar Carvalho integram a equipe da Prefeitura de Uberlândia, formada por meio da parceria entre Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel), Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU) e Praia Clube. Já Glênio Fernandes é profissional de educação física da fundação municipal.

 

Para se preparar para a competição, o trio participou da 5ª Fase de Treinamento, ao longo desta semana, em São Paulo. "Mateus é um dos principais nomes da bocha paralímpica brasileira e segue em busca da tão sonhada vaga nos Jogos Paralímpicos de Paris. A expectativa é que ele represente bem o Brasil e Uberlândia em Portugal e que fique entre os destaques dessa importante competição", completou a diretora de paradesporto da Futel, a profissional de educação física Fernanda Costa.

 

Resultados

 

Considerado um dos principais nomes da bocha paralímpica no Brasil, Mateus Carvalho soma importantes conquistas nos últimos anos. Entre as principais estão: medalha de ouro na Copa do Mundo de Bocha Paralímpica (2023), o tetracampeonato brasileiro (2015, 2018, 2022 e 2023), as medalhas de ouro nas disputas por pares e por equipe na Copa América (2015), prata (individual) e ouro (pares) no Campeonato Regional das Américas (2018), ouro (pares) na Copa América (2019), bronze (individual) e ouro (pares) nos Jogos Parapan-Americanos de Lima (2019), ouro (individual) e prata (pares) na Copa América (2021) e prata na 1ª etapa da Copa do Mundo de Bocha Paralímpica (2022). Além disso, ele esteve entre os representantes do Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, em 2021.


PMU