Prefeitura de Uberlândia realiza novo ciclo itinerário de castração de cães e gatos



Araípedes Luz/Secretaria de Governo e Comunicação

 

Em continuidade aos trabalhos para promover bem-estar animal dentro das políticas públicas para a Saúde da gestão do prefeito Odelmo Leão, a Prefeitura de Uberlândia vai iniciar mais um ciclo itinerário de castrações para o controle populacional, vacinação e identificação de cães e gatos do município. Dentro desse ciclo, o primeiro mutirão ocorrerá nas próximas terça (2), quarta (3), quinta (4), sexta-feira (5) e domingo (7), na arena multiuso do Parque de Exposições Camaru do Sindicato Rural de Uberlândia, em parceria com a ONG Aliança Juizforana pela Defesa dos Animais (Ajuda). Estão previstas a realização média de 100 castrações diárias de terça a sexta-feira e, ao retornar domingo, será concretizada grande ação contando com aproximadamente 1 mil castrações.

Após o mutirão, outras ações serão realizadas (leia mais abaixo) em parceria com a entidade não governamental, por meio de um Termo de Colaboração assinado junto à Secretaria Municipal de Saúde. O investimento de R$ 2,3 milhões tem a previsão de atender até 6,9 mil animais em quatro meses por meio de cinco castramóveis, bem como equipe de profissionais para realizar os procedimentos, que serão cedidos pela organização.

Para esta primeira etapa, a secretaria utilizará a base de cadastros do sistema municipal para avisar os tutores dos animais via SMS e e-mail o dia e horário da castração entre terça e sábado. Já, no domingo, quando a ação será intensificada, a programação de mil castrações ocorrerá por meio da base de cadastros da ONG parceira.


Ação itinerária

Posteriormente ao mutirão no Camaru, a expectativa é de que as equipes percorram os bairros da cidade dando continuidade ao chamamento dos tutores que solicitaram o agendamento pelo portal da Prefeitura. O cronograma das castrações será realizado conforme o mapa de calor do cadastro dos bairros de Uberlândia.

Além da castração dos cães e gatos, também será feita a identificação desses animais com microchip bem como a aplicação de uma dose da vacina múltipla V10, que previne contra leptospirose, cinomose, hepatite infecciosa canina, parvovirose, parainfluenza, entre outras.

Atualmente, o Município tem convênio firmado com o Hospital Veterinário da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), a Clínica Veterinária Pet House e o Instituto SOS PET. Somente no ano passado, foram realizados 9.127 procedimentos.


Cadastramento e atualização

O cadastro de cães e gatos para procedimentos gratuitos deve ser feito exclusivamente pela internet. O cadastramento on-line é gratuito, rápido e simples. No Portal da Prefeitura, em "Serviços", o interessado acessa a aba de Castração e preenche o formulário virtual apenas com dados pessoais e do animal a ser atendido. Caso seja mais de um, o tutor pode inserir dados do outro pet e clicar em "Salvar Animal", finalizando o processo em "Cadastrar". O tutor receberá, então, a notificação pelo SMS ou e-mail com todas as informações referentes ao seu agendamento, como data, horário e local.

Os animais são submetidos a avaliação com médico veterinário antes da anestesia. Estando aptos, são encaminhados para o centro cirúrgico. Em seguida, são encaminhados para sala de pós-operatório, onde permanecem por cerca de uma hora até despertarem. O projeto oferece os itens necessários para os animais durante os procedimentos cirúrgicos e medicação completa de ampla duração.

Veja mais algumas orientações para o dia da castração:

  - Como a castração é uma cirurgia, o animal deve estar em boas condições físicas. A avaliação final será feita pelo veterinário.

- No dia da cirurgia, o animal deverá estar de jejum de água e alimentos pelo menos 8h antes.

- O animal deve ter entre 6 meses e 7 anos de idade e não pode apresentar sinais clínicos de doenças infecciosas (lembrando que todos passam por uma pré-avaliação antes da cirurgia)

- Fêmeas que estiverem amamentando não poderão realizar a cirurgia.

- Caninos devem estar de coleira e guia para evitar brigas e fugas. Os menos sociáveis devem estar com focinheira.

- Felinos devem ser levados em caixas apropriadas de transporte.

- O tutor ou responsável pelo animal deverá apresentar documento de identificação com foto.

- Horário de comparecimento: solicitamos que você esteja presente no dia e horário agendado, seguindo a ordem de chegada. Independentemente de qualquer mensagem SMS ou notificação anterior, o horário acima é o correto para o atendimento.

PMU