Prefeitura de Uberlândia investe mais de R$ 7,6 milhões no bem-estar animal nos últimos três anos



Danilo Henriques/Secretaria de Governo e Comunicação/PMU

O bem-estar animal está entre as políticas públicas desenvolvidas pela Prefeitura de Uberlândia. Desde 2021, já foram investidos mais de R$ 7,6 milhões em castração de cães e gatos e outros tipos de assistência veterinária, beneficiando mais de 15 mil animais (o que inclui vítimas de atropelamento e maus-tratos). Para 2024, a projeção é ainda maior, podendo chegar, até o fim do ano, em um aporte de R$ 9,6 milhões. Nesta semana, o trabalho foi reforçado com o início de mais um mutirão, o  ciclo itinerário de castrações para o controle populacional.


Nos últimos três anos, o Município garantiu a castração de 14.900 cães e gatos por meio de convênio com instituições e clínicas. Além disso, no mesmo período, 1.021 animais, dos quais 95% foram vítimas de atropelamento e os demais sofreram maus-tratos, receberam cuidados veterinários gratuitamente, viabilizados pelo repasse de R$ 1,4 milhões feitos à unidade de saúde veterinária conveniada exclusivamente para essa finalidade.


Já de janeiro a junho deste ano, 4 mil castrações foram realizadas. A expectativa é realizar, até o final de 2024, mais de 15 mil procedimentos e assistências. Os recursos são provenientes das secretarias municipais de Saúde e de Meio Ambiente e Sustentabilidade e emendas de vereadores.


Danilo Henriques/Secretaria de Governo e Comunicação/PMU

Mutirão de castração


O primeiro mutirão organizado pela Prefeitura de Uberlândia neste ano ocorre em parceria com a ONG Aliança Juizforana pela Defesa dos Animais (Ajuda) e teve início, nesta terça-feira (2), na arena multiuso do Parque de Exposições Camaru, do Sindicato Rural de Uberlândia, para atender animais cadastrados pelos tutores junto ao Município. Estão previstas, até sexta-feira (5), a realização média de 100 castrações diárias, além de uma grande ação no domingo (7), com, aproximadamente, 1 mil procedimentos.


 Posteriormente, as equipes irão para os bairros da cidade, dando continuidade ao chamamento dos tutores que solicitaram o agendamento pelo Portal da Prefeitura. Planeja-se atender até 7 mil animais em quatro meses. O cronograma das castrações será realizado conforme o mapa de calor do cadastro dos bairros de Uberlândia.


Também está em andamento a identificação desses animais com microchip, bem como a aplicação de uma dose da vacina múltipla V10, que previne contra leptospirose, cinomose, hepatite infecciosa canina, parvovirose, parainfluenza, entre outras.


Além da parceria com a ONG Ajuda para esta ação com o castramóvel, o Município tem convênio firmado com o Hospital Veterinário da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), as clínicas veterinárias SOS Pet, Pet House e APA e outras organizações sociais para realização do procedimento. O Hospital Veterinário ainda é conveniado para atender animais atropelados ou vítimas de maus-tratos.


Cadastramento e atualização


O cadastro de cães e gatos para procedimentos gratuitos deve ser feito exclusivamente pela internet. O cadastramento on-line é gratuito, rápido e simples. No Portal da Prefeitura, o interessado acessa, no menu "Serviços", a opção "Castração" e preenche o formulário virtual apenas com dados pessoais e do animal a ser atendido. Caso seja mais de um, o tutor pode inserir dados do outro pet e clicar em "Salvar Animal", finalizando o processo em "Cadastrar". O tutor receberá, então, a notificação por mensagem SMS ou e-mail com todas as informações referentes ao seu agendamento, como data, horário e local.


Os animais são submetidos a avaliação com médico veterinário antes da anestesia. Estando aptos, são encaminhados para o pré-operatório e, posteriormente, para o centro cirúrgico e sala de pós-operatório, onde permanecem até que estejam em condições para serem liberados. O projeto oferece os itens necessários para os animais durante os procedimentos cirúrgicos e medicação completa de ampla duração.


Confira mais algumas orientações para o dia da castração:


  – Como a castração é uma cirurgia, o animal deve estar em boas condições físicas. A avaliação final será feita pelo veterinário.

– No dia da cirurgia, o animal deverá estar de jejum de água e alimentos pelo menos 8h antes.

– O animal deve ter entre 6 meses e 7 anos de idade e não pode apresentar sinais clínicos de doenças infecciosas (lembrando que todos passam por uma pré-avaliação antes da cirurgia)

– Fêmeas que estiverem amamentando não poderão realizar a cirurgia.

– Caninos devem estar de coleira e guia para evitar brigas e fugas. Os menos sociáveis devem estar com focinheira.

– Felinos devem ser levados em caixas apropriadas de transporte.

– O tutor ou responsável pelo animal deverá apresentar documento de identificação com foto.

– Horário de comparecimento: solicitamos que você esteja presente no dia e horário agendado, seguindo a ordem de chegada. Independentemente de qualquer mensagem SMS ou notificação anterior, o horário acima é o correto para o atendimento.

PMU