Prefeitura de Uberlândia anuncia que quatro projetos de Uberlândia estão liberados pelo Minha Casa, Minha Vida

           O trabalho realizado pela Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Habitação, para agilizar a aprovação de projetos habitacionais que se enquadram no novo programa "Minha Casa Minha Vida" obteve a primeira conquista: foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (5) a liberação de quatro projetos residenciais habilitados por duas construtoras da cidade. Ao todo, 736 famílias poderão ser beneficiadas pelos imóveis financiados por meio da Caixa Econômica Federal e destinados à contratação por famílias que integram a faixa 1 (com renda de até R$ 2.640).

 Conforme as portarias 626 e 629, do Ministério das Cidades, foram autorizados à contratação junto à Caixa os residenciais Pequis I e II e Place Tangará I e II. Há a expectativa de que, até o final de julho, sejam liberados outros 628 imóveis, confirmando os 1.364 habilitados em novembro dentro do programa habitacional.

Logo que o Governo Federal anunciou a intenção de retornar com o "Minha Casa Minha Vida" no ano passado, a Prefeitura de Uberlândia iniciou um intenso trabalho para cadastrar e atualizar cadastro de construtoras e beneficiários interessados. Em outubro de 2023, foi dado início ao atendimento exclusivo de moradores que já tinham inscrição junto ao Município para serem beneficiados em projetos habitacionais de interesse social e daqueles que queiram se candidatar a uma oportunidade no setor.

Em novembro, diante do anúncio de que 1.364 apartamentos estavam habilitados, o prefeito Odelmo Leão anunciou a criação de uma comissão para agilizar a aprovação dos dez projetos habitacionais que viabilizariam o início das obras nos bairros dos setores leste, oeste e sul do município: Pequis, Chácaras Tubalina, Jardim Ipanema, Monte Hebron, Morumbi e Shopping Park.

"Como o tempo para aprovação dos projetos, montagem de toda a documentação e assinatura dos contratos pelas construtoras junto à Caixa era apertado, determinei a formação de um grupo de trabalho composto pelas secretarias de Habitação, Trânsito e Transportes, Planejamento Urbano e Meio Ambiente e Sustentabilidade, além do Departamento Municipal de Água e Esgoto. Já garantimos os 736 apartamentos e queremos completar os 1.364 apartamentos destinados pelo programa à nossa Uberlândia. Seguimos aguardando os critérios de seleção dos beneficiários por parte do Ministério das Cidades", disse o prefeito Odelmo Leão.

 

PMU