Espetáculo que retrata encontro dos escritores Hilda Hilst e Caio Fernando Abreu chega a Uberlândia


 

"Hilda e Caio" é uma recriação ficcional da relação entre Hilda Hilst e Caio Fernando Abreu, com texto e direção de Kiko Rieser e elenco formado por Lavínia Pannunzio e André Kirmayr, que chega a Uberlândia no próximo final de semana, dias 12 e 13 de julho, a partir das 20h no Cineteatro Nininha Rocha.

A peça é constituída por diálogos dos dois mais importantes escritores brasileiros do século XX. O texto parte de um episódio real para, ficcionalmente, trabalhar a relação entre eles e seus pontos de vista no que diz respeito aos temas abordados com diálogos vívidos e focados no embate humano entre essas duas figuras.

Diante da perseguição militar, Hilda estimula Caio a exilar no exterior, aproveitando o ensejo de diversos artistas que então tomam o mesmo rumo. Faz os contatos necessários e averigua possibilidades. Enquanto isso, Caio, farto dos revezes que vem sofrendo e das constantes guinadas que é obrigado a dar em sua vida, fica numa indecisão que o mantém na inércia. Ele opta então por uma resolução simples, mas drástica: parar de escrever. Para isso, alega não suportar mais o panorama geral da literatura brasileira e de sua própria carreira, em que pesem o expressivo número de casas editoriais fechando as portas, editores exigindo dos criadores algo com mais apelo comercial, a falta de leitores, a falta de espaço na imprensa, seus dois livros publicados encalhados nas prateleiras ("foi como soltar um grito no deserto") e as constantes reclamações de Hilda, que, embora seja uma das escritoras mais reconhecidas do país, não consegue vender seus livros.

Hilda recebe com ceticismo a decisão de seu pupilo e o acusa de estar escondendo (dela ou talvez de si mesmo) o real motivo, que seria uma forma de fugir da perseguição da ditadura. Argumenta que não adianta parar de escrever, que "as ideias, deliciosamente incendiárias e contagiosas, estão na gente, não na palavra", e o provoca lembrando-o da vocação de um escritor, que não pode e não irá jamais parar de escrever enquanto não produzir toda a obra de uma vida. Essa fricção entre os dois e o ato de escrever impulsiona a ação da peça.

  

SERVIÇO:

Peça: Hilda e Caio
Quando: 12 e 13 de julho de 2024

Horário: 20h.

Local: Cineteatro Nininha Rocha – Praça Prof. Jacy de Assis, s/n - Centro,

Vendas antecipadas:

- Site Megabilheteria.com (24 horas e com taxa se conveniência) https://megabilheteria.com/evento/temporada?id=20190313152405

- Loja Inclusive Brechó, na Av. Cesário Alvim, 396 – Centro (aberta das 9h às 18h, de segunda a sexta e das 9h às 14h aos sábados - estacionamento conveniado ao lado)

- Sala Uberlândia na Rota das Culturas, Uberlândia Shopping - Av. Paulo Gracindo, 15, segundo piso, próximo ao Café do Ponto.

Classificação indicativa:  12 anos

Duração: 65 minutos

Gênero: Drama

 

FICHA TÉCNICA

Texto e direção: Kiko Rieser

Elenco: André Kirmayr e Lavínia Pannunzio

Cenário e figurinos: Kleber Montanheiro

Desenho de luz: Gabriele Souza

Música original: Mau Machado

Preparação corporal: Fabricio Licursi

Visagismo: Eliseu Cabral

Assistência de direção: Beatriz Aguera

Assistência de figurinos: Thais Boneville

Assistência de visagismo: Márcio Merighi

Cenotécnica: Evas Carretero

Consultoria dramatúrgica: Leo Lama

Costura: Lili Santa Rosa

Peruca: Adriana Almeida

Contrarregragem: Allan Moreira

Operação de luz e som: Rodrigo Palmieri

Assessoria de imprensa: Flávia Fusco Comunicação

Design gráfico: Letícia Andrade (Nós Comunicações)

Fotos: Heloísa Bortz

Mídias sociais: Felipe Pirillo (Inspira Comunicação)

Direção de produção: Kiko Rieser

Produção executiva: Fernanda Lorenzoni

Idealização: Kleber Montanheiro e Kiko Rieser

Produção local: Uberlândia na Rota das Culturas – Carlos Guimarães e Maíra Pelizer


Assessoria