Sopas são uma boa opção para quem tem diabetes



Com a chegada do inverno, nada melhor do que se aquecer com uma deliciosa sopa. Para pessoas com diabetes, escolher ingredientes com baixo índice glicêmico é fundamental para manter os níveis de glicose sob controle, de acordo com a nutricionista Ana Carolina Almeida, do Departamento de Nutrição da Sociedade Brasileira de Diabetes.


Aqui ela indica três opções de sopas nutritivas e saborosas que são excelentes escolhas para essa estação: sopa de abóbora, sopa de brócolis e canja de galinha. "Vamos explorar cada uma delas e entender a importância dos ingredientes para a saúde de quem tem diabetes", diz a nutricionista.


1 - Para primeira receita tem a sopa de abóbora. A abóbora tem um baixo índice glicêmico, o que significa que ela não causa picos significativos na glicemia. Além disso, é rica em fibras, que ajudam a retardar a absorção de glicose, proporcionando uma liberação mais gradual na corrente sanguínea. A abóbora também contém antioxidantes como o betacaroteno, que ajudam a proteger as células contra danos.

Sopa de abóbora

Ingredientes:

200g de abóbora cabotiá cozida

30g de espinafre picado cru

2 dentes de alho amassados

1/2 de cebola em fatias

150g de creme de ricota

Modo de preparo:

Em uma panela, cozinhe a abóbora cortada em cubos, até ficar macia. Refogue a cebola, o alho e o espinafre em um pouco de azeite até ficarem dourados. Logo em seguida, bata no liquidificador a abóbora com o creme de ricota e o espinafre até obter um creme homogêneo. Tempere com sal e pimenta a gosto.


2 - Como segunda receita, tem a sopa de brócolis. O brócolis é outra excelente escolha para sopas de inverno. Ele tem baixo índice glicêmico e é uma fonte rica de fibras, antioxidante, vitaminas (como a vitamina A, C e K) e minerais (como cálcio e ferro).

Sopa de brócolis

Ingredientes:

350g de brócolis

2 dentes de alho

1/2 cebola

1 colher de sopa de azeite de oliva

Sal a gosto a gosto

350ml de água

Modo de preparo:

Deixe o brócolis de molho no hipoclorito de sódio por 15 minutos para higienizar e, logo em seguida, lave em água corrente. Pique o brócolis e refogue em uma panela com alho e cebola. Em seguida, bata o brócolis em um liquidificador e aos poucos acrescente água, até obter um creme.


3 - Uma outra opção de sopas é a canja de galinha. A canja de galinha é um clássico reconfortante. O ideal é que tenha uma quantidade maior de frango do que de arroz, pois a proteína do frango ajuda a reduzir o índice glicêmico da preparação, desta forma, a glicemia sobe mais devagar.

Canja de galinha

Ingredientes

2 litros de água

1 cebola cortada em cubos

2 dentes de alho amassados

130g cenouras médias cortadas em cubos

¼ de xícara de arroz

500 gramas de frango desfiado

Sal, cebolinha e salsinha a gosto

Modo de preparo:

Em uma panela de pressão coloque a água, a cebola, a cenoura, o alho, o frango, o arroz, o sal e tampe a panela. Abaixe o fogo assim que a pena atingir a pressão e deixe cozinhar por 20 minutos. Finalize com salsinha e cebolinha. As três receitas mencionadas são ricas em fibras, o que é excelente, pois elas ajudam a retardar a absorção dos carboidratos, ou seja, a glicemia sobe mais devagar.

Incorporar essas sopas no cardápio de quem tem diabetes não só aquece o corpo, mas também oferece uma refeição nutritiva e equilibrada, mantendo a saúde em dia e a glicemia mais estável.

Assessoria