Nutricionista sugere como aproveitar as festas de São João com foco na saúde


 

"As pessoas podem aproveitar as festas juninas, mas com consciência e equilíbrio. Tudo em excesso faz mal" | Crédito: Shutterstock



O mês de junho é sempre bem-vindo em Minas Gerais, pois, com ele, vêm as festas alusivas a São João. Muitas cores, danças típicas dos arraiais e comilanças costumam compor o cenário, afinal, as comidas típicas desta época, em que o frio chega na região, são conhecidas por serem deliciosas, porém muito calóricas. Uma tentação para quem tem que cuidar da saúde e da dieta.

 

A nutricionista da Hapvida NotreDame Intermédica, Isabele Acioli, recomenda moderação. "As pessoas podem aproveitar as festas juninas, mas com consciência e equilíbrio. Tudo em excesso faz mal", pondera.

 

Segundo a especialista, há algumas opções para evitar o consumo de alimentos que, em excesso, podem ser maléficos à saúde. "Por exemplo, opte sempre pelo milho natural. O alimento é rico em fibras, porém, quando assado, ele já libera substâncias não benéficas à saúde. Quando vem processado, contém sódio e conservantes, que podem prejudicar o organismo. Portanto, opte pelo milho cozido e, quando for fazer alguma receita que leve o ingrediente, evite os industrializados", sugere.

 

Outro atrativo das festanças juninas é o quentão. "Ele é feito à base de cachaça e, como qualquer bebida alcóolica, não é uma opção saudável, embora seja tradição. Mas existe a possibilidade de tornar a opção menos prejudicial substituindo a cachaça pelo suco de uva tinto", comenta.

 

Isabele Acioli também faz um alerta às pessoas diabéticas e pré-diabéticas. "Cuidado com o açúcar. Opte por adoçantes naturais como o xilitol, a stevia ou reduza as quantidades, quando tolerado por esse paciente".

 

Os quitutes que levam o leite de coco, por exemplo, podem ser substituídos pelo leite desnatado. "Assim evitamos o consumo de gordura", informa.

 

Além disso, a nutricionista da Hapvida NotreDame Intermédica ressalta o cuidado com a higiene. "Procurem locais onde tenham opções de preparo em condições higiênicas, nos quais você consiga ver como o alimento está sendo armazenado, preparado e manuseado. Muita atenção ao uso de luvas pelas pessoas que estão manipulando, além das condições dos recipientes e do armazenamento. Assim você evita contaminações e doenças. Com moderação e consciência de que a sua saúde também está em jogo, é possível aproveitar as festas de São João de forma saudável e sem peso na consciência", finaliza.

 

 

Assessoria