Minas Gerais recebe nova clínica oftalmológica que mistura saúde e estética


 

Dizem que o olho é a janela da alma – através dele podemos perceber muito sobre uma pessoa. Mas em uma sociedade que não para, cada vez mais nos deparamos com olheiras, cansaço e envelhecimento ocular precoce. Para combater estes problemas, a oftalmologista Stéphanny Murta desenvolveu novas técnicas de rejuvenescimento ocular, que não apenas contribui para uma melhora na saúde, mas também levanta a autoestima dos pacientes.

 

O espaço fica localizada na Rua Paraíso, nº 111, em Patos de Minas, no interior do estado de Minas Gerais. A clínica oferece uma ampla gama de serviços, incluindo consultas oftalmológicas completas, exames de diagnóstico avançados, tratamentos cirúrgicos e não cirúrgicos, além dos procedimentos estéticos especializados para a região dos olhos.

 

"Por ser uma região do interior, a oftalmologia ainda é uma especialidade pouco explorada. Penso que com esse espaço podemos levar o que há de melhor e mais inovador na área, de forma a proporcionar uma qualidade de vida melhor entre os moradores de Patos de Minas. Eu nasci e cresci aqui, então conheço bem as pessoas e as necessidades da cidade. E como moradora, quero estimular mais ainda o desenvolvimento da qualidade de vida por aqui" completa.

 

Os serviços oftalmológicos oferecidos na Clínica Dra. Stéphanny Murta vão além dos tratamentos tradicionais. Ela é especializada em oftalmologia estética e cosmiatria ocular, caracterizado pelo procedimento cirúrgico de remoção do excesso de pele e de bolsas de gordura na região das pálpebras. A médica explica que o cuidado com os olhos pode contribuir até mesmo para a autoestima de uma pessoa.

 

"Vivemos em um mundo em que as pessoas buscam cada vez mais o cuidado com o corpo e com a saúde. A região dos olhos é uma das primeiras a dar sinais de envelhecimento, como rugas, por exemplo. Com a cosmiatria, temos uma solução. Assim, a parte estética também entra no cuidado da região nobre dos olhos. A combinação entre a saúde ocular e a estética devem caminhar juntos para que as pessoas possam envelhecer mais saudáveis e mais confiantes de si", conta Murta.          

 

Assessoria