Busca por crédito cresceu 13,6% entre os brasileiros em abril, indica Serasa Experian

Em abril de 2024, a demanda dos consumidores por linhas de crédito foi 13,6% maior em relação ao mesmo mês do ano anterior, segundo apontou o Indicador de Demanda do Consumidor por Crédito da Serasa Experian. Esta foi a primeira alta registrada em 2024, após sucessivas quedas desde janeiro. Confira, no gráfico abaixo, a variação anual dos últimos 12 meses:

"Após os pagamentos das contas do início do ano e aproveitando os efeitos graduais da redução da taxa básica de juros e da inflação, os consumidores voltam a buscar por crédito no mercado. Esperamos ser o início de uma trajetória positiva, embora seja esperado que tenhamos alguns desafios ao longo do ano que poderão refletir na economia nacional", comenta o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi. 


Busca por crédito teve alta em todas as faixas de renda


Em abril, todas as faixas de renda registraram aumento na procura por recurso financeiro, com maior alta entre aqueles que recebem de R$ 500 a R$ 1.000. Confira as informações completas na tabela abaixo:


Unidades Federativas registram crescimento em abril 


A alta na procura de recursos de crédito pelos consumidores foi registrada em todas as regiões do Brasil. Roraima (26.3%), Acre (24,1%), Amazonas (22,5%), Piauí (22,0%) e Amapá (21,2%) registraram os maiores crescimentos do ranking. Veja, no gráfico a seguir, os dados de todas as Unidades Federativas (UFs): 


Mais informações disponíveis no site oficial da Serasa Experian.


Metodologia do indicador


O Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito é construído a partir de uma amostra significativa de CPFs, consultados mensalmente na base de dados da Serasa Experian. A quantidade de CPFs consultados, especificamente nas transações que configuram alguma relação creditícia entre os consumidores e instituições do sistema financeiro ou empresas não financeiras, é transformada em número índice (média de 2008 = 100). O indicador é segmentado por região geográfica e por classe de rendimento mensal.


Assessoria