Prefeitura lança pedra fundamental da obra da UBSF Tapuirama


 


Danilo Henrique – Secom PMU

 

O prefeito Odelmo Leão lançou, neste sábado (18), a pedra fundamental da construção da Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do distrito de Tapuirama. A solenidade aconteceu durante a primeira edição do programa Uberlândia Viva, da Prefeitura de Uberlândia, nos distritos da cidade. O edital de processo licitatório para a contratação da empresa responsável pela construção já foi publicado no Diário Oficial Município (DOM) da última quarta-feira (15).

 

"Depois que a obra for concluída, a comunidade terá espaço apropriado, com qualidade e segurança, construído conforme projeto específico, planejado para atendimento adequado, em uma localização privilegiada", destacou o prefeito Odelmo Leão. 

 


Danilo Henrique – Secom PMU

 

Atualmente, a UBSF Tapuirama realiza, em média, 20 mil consultas por ano e funciona no prédio da antiga escola pública do distrito, dividindo espaço com outros serviços. Com a construção da nova unidade de saúde, em uma área de 302,63 m² na avenida Herculino da Rocha, a Prefeitura vai garantir melhor atendimento e espaço para os cerca de 2 mil habitantes da região.

 

Classificada como Tipo 1, a nova UBSF Tapuirama terá capacidade para atender até 4.500 pessoas e contará com uma equipe do Programa de Saúde da Família (PSF), sendo composta por enfermeiro, médico, técnico de enfermagem, agentes comunitários de saúde, auxiliares administrativo e de serviços gerais, além de profissionais da equipe multiprofissional, como fisioterapeuta, farmacêutico, dentista, assistente social, profissional de educação física, psicólogo e nutricionista.

 

A estrutura contará com consultórios, sala de vacinas, de curativos, de atividades coletivas, além de sala de inalação, de observação, de esterilização e outros cômodos, como estocagem e dispensação de medicamentos, almoxarifado, banheiros com acessibilidade e uma área coberta para atividades. A obra está orçada, inicialmente, em R$ 1,8 milhão e será custeada por meio de emenda parlamentar da deputada federal Ana Paula Junqueira Leão.

 

PMU