Prefeitura de Uberlândia declara situação de emergência devido a aumento de casos por Síndromes Respiratória e Gripal e implementa plano de ação em prol da população

            Devido ao aumento de casos e internações pelas Síndromes Respiratória Aguda Grave (SRAG) e Gripal em Uberlândia, o prefeito Odelmo Leão assinou, nesta terça-feira (21), decreto que declara situação de emergência em Uberlândia, bem como determinou, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, um plano de ação para otimizar o fluxo de atendimentos aos cidadãos neste período (leia mais abaixo). O decreto será publicado no Diário Oficial do Município desta quarta-feira (22).

.            O decreto possibilita que o Município adote, de forma mais célere, medidas para seguir garantindo atendimento e serviço de qualidade à população, o que inclui o pleiteio de mais recursos juntos aos entes estadual e federal, a contratação de mais profissionais para as unidades de saúde durante a vigência do decreto, além da doação e cessão de equipamentos e bens, aquisição pública de insumos e materiais e contratação de serviços necessários para enfrentamento do cenário atual. O documento vigorará, a princípio, por 90 dias a partir da publicação, podendo ser prorrogado.

Conforme levantamento feito pela Secretaria Municipal de Saúde, as unidades de saúde municipais registraram aumento de 25% nas internações por causas respiratórias, com predominância de complicações em consequência dos tipos A e B do vírus Influenza, do vírus Sincicial Respiratório e do vírus SARS-COV-2 (causador da Covid-19). Somente de janeiro a maio, foram notificados, na cidade, 61.452 casos de SRAG.

            Já nesta segunda-feira (20), todos os 943 leitos da Rede Municipal de Saúde estavam ocupados. Além disso, todas as oito Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) registraram aumento significativo na procura pelos prontos atendimentos na última semana. Para se ter ideia, somente na UAI Luizote de Freitas, nesta segunda, foram registrados 588 atendimentos (adultos e crianças), número superior à média de 437 pacientes atendidos ao dia neste ano pela unidade.

Plano de Ação

- Reforço de médicos no horário de 16h às 22h horas para atendimento dos casos verdes e azuis de SRAG no pronto atendimento das seguintes unidades: UAIs Luizote, Roosevelt e São Jorge contarão com reforço de clínicos e pediatras; UAIs Morumbi , Pampulha, Tibery, Martins e Planalto contarão com reforço de clínico geral.

- Reforço da equipe de Enfermagem para otimizar as medicações e assistência ao paciente;

- Aumento de 10 leitos no Centro de Internação Pediátrico para suporte;

- Reforço do atendimento das equipes de Atendimento virtual (marcação pelo Zap da Prefeitura pelo número 34-3239-2800)

SRAG

            As síndromes são caracterizadas por um conjunto de sinais e sintomas. Na síndrome gripal, o quadro evolui a partir da infecção pelo vírus Influenza. Já na SRAG, os sinais e sintomas são desencadeados por uma lesão que leva à inflamação e ao acúmulo de líquido no pulmão, podendo ter diferentes causas, como pneumonias causadas por bactérias, fungos e vírus (como o da Covid-19 e o Influenza). Os casos graves dessas síndromes em crianças, idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas são potencialmente fatais.  


PMU