Estudantes de Minas Gerais podem participar da 2ª edição do Desafio Liga Jovem


Estão abertas as inscrições para o Desafio Liga Jovem, uma das maiores competições de empreendedorismo tecnológico do país. A iniciativa propõe que os estudantes apresentem projetos com soluções inovadoras para problemas reais das suas escolas ou comunidades. Podem participar jovens do Ensino Fundamental (8º e 9º anos), Médio (qualquer ano), Superior (bacharelado, licenciatura e tecnólogo) e Profissionalizante (qualquer ano), sendo as duas últimas categorias inéditas no desafio. As inscrições gratuitas podem ser feitas até o dia 7 de junho.


A segunda edição do Desafio Liga Jovem já alcançou 20 mil inscritos de todo o país, número quatro vezes superior aos 5 mil participantes registrados em 2023. "O desafio estimula os jovens a serem agentes transformadores de suas próprias realidades, e esse é o principal pilar da educação empreendedora. Fazer com que o estudante desenvolva competências essenciais e se torne protagonista da sua vida e da sua carreira", destaca a gerente de Educação Empreendedora do Sebrae Minas, Fabiana Pinho.


A nova edição da iniciativa será realizada com etapas de seleção estaduais e regionais, com previsão para acontecer entre agosto e setembro. Até lá as equipes participantes percorrem uma maratona de conteúdo sobre inovação, tecnologia e metodologias ativas para aprimorarem suas competências empreendedoras e o desenvolvimento dos projetos. O Desafio Liga Jovem é uma realização do Sebrae por meio do Instituto Ideias do Futuro.



Etapas da competição e calendário:


Esquenta nas redes – março a junho


Virada Empreendedora – 7 a 9 de junho


Estadual – agosto


Regional – setembro e outubro


Nacional – dezembro


Ao longo desse processo, serão promovidas atividades presenciais e on-line, que incluem palestras, oficinas e sessões de mentoria aliadas a conteúdos didáticos sobre temas ligados à inovação e ao empreendedorismo com tecnologia. O objetivo é que essa formação apoie a criação de soluções para problemas enfrentados por escolas e/ou comunidades em que os estudantes estão inseridos, envolvendo ferramentas tecnológicas, como aplicativos, sites, jogos eletrônicos, redes sociais, plataformas ou outras tecnologias.



Como participar


Os interessados devem se reunir em equipes formadas por dois a cinco integrantes, sempre com o apoio de um professor orientador. A inscrição é realizada por um integrante ou pelo professor, que deve convidar os outros membros. O professor orientador pode coordenar quantas equipes desejar e elas podem ser de categorias diferentes.


O regulamento completo e o formulário eletrônico de inscrição estão disponíveis no site do Desafio Liga Jovem, no endereço eletrônico: https://www.desafioligajovem.com.br/



Premiação


Todos os integrantes das equipes vão receber um certificado de participação e ao final, os melhores projetos serão premiados na etapa nacional na qual os representantes de cada região irão viajar para uma das capitais tecnológicas do país com despesas pagas para participar de eventos, visitas e experiências exclusivas. Como premiação também está prevista a participação em missão internacional no ano que vem. Além disso, o Desafio contempla a entrega de smartphone, notebooks e vouchers de compra para os integrantes dos grupos vencedores em cada uma das etapas.



Destaque nacional


Na primeira edição, duas equipes de Minas Gerais chegaram à grande final do Desafio Liga Jovem. Uma das equipes foi a The Big Boss, da Escola do Sebrae, de Belo Horizonte, com orientação do professor Alexandre Herculano. Por sua vez, a Conexão Jovem, do Colégio Nossa Senhora das Dores, de Uberaba, orientada por Kátia Cristina da Silva, também esteve entre as 20 finalistas. Ao todo, a competição contou com mais de 600 equipes de todo o Brasil.

 

Assessoria